Filipe Marinheiro, natural de Aveiro, nasceu em Coimbra. desempenha o ofício de poeta.

No liceu frequentou e concluiu o agrupamento de humanidades, licenciando-se em gestão e administração de marketing pelo IPAM Aveiro [instituto português de administração de marketing - ensino superior privado] entre 2001-2006, antes do processo de bolonha.

Publicou o primeiro livro, «um cândido dilúvio - acto I e sombras em derivas - acto II» em março de 2013, «silêncios» em dezembro de 2013 a sua segunda obra. Mais recentemente «noutros rostos» em dezembro 2014 como a terceira obra do poeta. Publica em dezembro de 2018 a quarta obra poética «escuridões».

 

Livro publicado na Âncora Editora

Escuridões